Sigmund-Freud-Carl-Jung-Austrian-psychol

Anima e Animus

Um curso para entender por que você está no relacionamento em que está e por que as coisas se repetem.

Curso on-line | carga horária 3h15

Apenas 12x R$ 35,90

Reembolso: Será possível obter reembolso somente antes de receber o material do curso. Ao fazer a compra você concorda com os termos aqui expostos.

Curso Online Anima e Animus

As pessoas estariam vendo na outra pessoa seu próprio componente inconsciente do outro sexo, que é o Animus (o componente masculino das mulheres) ou a Anima (o componente feminino dos homens) e aqui estaria a base de sentido da atração.  Ou seja, será que nos apaixonamos por nós mesmos?

  

Esta personagem da psique é importante por pelo menos dois motivos: porque nos influencia na escolha do tipo de indivíduo do sexo oposto para o qual vamos nos sentir atraídos “instintivamente“ e porque define o modelo de relação que teremos com o mundo dos afetos (para os homens) e com o mundo das ideias (para as mulheres). 

Não se trata de predeterminação ou destino, mas de uma tendência que se não se tornar consciente vai moldar boa parte de sua vida da pessoa, a qual se perguntará, “Por que estou com tal pessoa e não consigo me separar dela?” Ou: “Porque acabo sempre com o mesmo tipo de homem ou de mulher?” 
Anima e Animus são arquétipos, abarcando um manancial rico e polivante de sentidos e imagens. Na psicologia junguiana a psique funciona por polaridades opostas. A mais conhecida de todos é a masculina-feminina. Todo ser humano expressa um desses polos de forma dominante deixando no pano de fundo a polaridade oposta. 

 Na vida individual, penetram o campo psíquico na singela forma de nossos pais. O menino tenderá a se desenvolver projetando-se na figura do pai, enquanto a mãe ficará vinculada à figura interna da Anima. A personalidade da mãe real marcará as principais características da Anima no que há de positivo e no que há de negativo e a partir desse viés o homem irá se relacionar com seus próprios sentimentos e com as mulheres de sua vida (para a nossas alegria ou tristeza!).

No geral, porém, o esquema acima é visível em muitos casos. Algumas variantes são: o homem pode “instintivamente’ buscar uma mulher que parece oposta ao tipo da mãe, mas deixem só passar um pouco de tempo para ver se nas entrelinhas não há mais do que o visível na superfície. Por outro lado, o homem com a mãe traiçoeira se vincula a uma mulher confiável, mas ao longo da construção da relação ele a trata como se ela fosse aquela mesma mulher que traiu tantas vezes suas expectativas de amor. Sem consciência do que temos dentro, repetiremos os mesmos erros até o fim dos tempos.
Carl Jung Anima Animus

No caso da mulher, o Animus atua de forma parecida. O pai representa a visão de mundo, as ideias e a forma de pensar que, conscientemente ou não, ela tem a respeito da vida. Como, infelizmente, são poucos os pensadores e filósofos nas famílias, essa visão de mundo tenderá a ser padronizada, rígida, moralista e etc. As filhas desses homens terão uma forma de pensar baseada na repetição de lugares comuns - que sejam lugares comuns de seu bairro ou classe social ou raça, sempre se trata de banais lugares comuns.  


Uma ideologia estanque, quando internalizada desde criança, inviabiliza a troca fresca e criativa com o mundo interior, de modo que essas mulheres não estão em contato real com seus conteúdos profundos, mas quando os estereotipam (racionalizam) assim que os percebem e, desta forma, lhes tiram tanto o poder revolucionário quando a criatividade.  

Sendo o Animus o portal do mundo interior, se ele for tosco e obtuso inviabiliza qualquer realização pessoal. Além disso, solapa a autoconfiança da mulher naquilo que sente: ela sente a coisa grande ou bonita, mas na hora de pensá-la parece tudo banal e sem graça... A autoestima da mulher estará vinculada à aprovação por parte desse modelo interior representado pela figura do pai que se não for trabalhado e transformado lhe impede o desabrochar como pensadora, criadora, transformadora de mundos. 

Apenas 12x R$ 35,90

Você já parou para pensar por que já observou tantas vezes que tal pessoa se casou com a mãe ou com o pai?

Se olhar de perto vai perceber que os traços mais marcantes de um, estão no outro. Parece que tentou tanto fazer diferente e eis que está numa situação tão parecida quanta aquela daquela queria escapar. Se isso ainda não ficou evidente para você, aguarde... E preste atenção.


A questão do masculino e do feminino é uma daquelas que apaixonam porque todos queremos estar apaixonados, mas não queremos os efeitos colaterais ou simplesmente os desapontamentos. Entretanto, olhando para esquerda e para direita, encontramos em todo o lado a demonstração que não há nada mais complicado do que uma relação amorosa.

 

O famoso “amor à primeira vista” é, segundo C. G. Jung, o resultado de uma projeção. Não muito romântico, não é? 

Eu, Adriana Tanese Nogueira, considero esse assunto fascinante e importante e pensei em uma forma de trazer esse conhecimento de forma aprofundada ao público em geral. Foi assim que criei o curso Animus e Anima. Uma realidade bem compreendida oferece metade da solução! 

 Anima e Animus é um curso para todos aqueles que buscam compreender-se e melhorar os próprios relacionamentos. Autoconhecimento associado a entendimento do que acontece na relação com a outra pessoa. Ele estará repleto de sonhos, nossos caminhos para as verdades interiores. Eles vão elucidar o assunto e ajudar a trazê-lo para a realidade pessoal. Para isso teremos também exercícios e reflexões, por isso, preparem papel e caneta!

 

A perspectiva que utilizo é aquela da psicologia analítica de Jung aprofundada pela abordagem da Psicanálise pós-junguiana. O curso serve para você dar sentido aos dilemas que encontra em seus relacionamentos e em suas dificuldades de se entender, realizar, tomar decisões, pensar e criar um plano de ação, executá-lo, projetar-se no mundo ou mergulhar no amor que você tanto quer e contra o qual se debate. Quando as raízes dos problemas são identificadas você tem a real possibilidade de finalmente entender e ir adiante!

 

Apenas 12x R$ 35,90

Adriana Tanese Nogueira

Psicanalista formada na escola pós-junguiana de Silvia Montefoschi e na escola da vida com suas muitas surpresas. Venho da filosofia (Bacharel), com uma passagem pelas Ciências da Religião (Mestrado) e um PhD em Psicoterapia. Minha bagagem psicanalítica inclui Freud, James Hillman, Erich Fromm, Jung, e vários outros autores do âmbito psicanalítico e não. A experiência biográfica e clínica junto ao constante aprofundamento do autoconhecimento me levaram a estudar e integrar os fenômenos espirituais, os chamados "paranormais" e as vidas passadas. 

IMG_6557.jpg

Quem Sou

Cidadã do mundo, me sinto parte da Europa e das Américas. Nasci no Brasil (interior de São Paulo), cresci em Milão, Itália, moro na Flórida, USA. Estudiosa da psique humana  por mais de trinta anos, promovo a evolução da consciência individual e coletiva, atendo desde 1988.

PERGUNTAS FREQUENTES

Não sou terapeuta nem psicólogo. Esse curso serve para mim?

Sim, esse curso pode ser realizado sem conhecimento prévio de psicologia.

Qualquer um pode fazer esse curso?

Sim, qualquer pessoa.

Qual a carga horária?

3 horas e 15 min.

Eu vou poder assistir depois? Vai ficar gravado?

sim, o curso fica disponível por 1 ano após a compra.

Posso pagar no boleto?

Sim, clicando no botão de pagamento, você pode escolher pagar no boleto. ou pelo cartão.

 

Vou receber um certificado final de participação?

Sim, você vai receber um certificado digital após o término do curso.

Inscrições abertas!

Apenas 12x R$ 35,90

Siga nas Redes

  • YouTube
  • Facebook
  • Instagram

Siga nas Redes

  • YouTube
  • Facebook
  • Instagram
Quer saber mais?
arrow&v

Obrigada por se inscrever. Em breve entraremos em contato.